quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Perguntas frequentes feita a Hayley Williams











Quem é o namorado de Hayley Williams?
Ela está namorando Chad Gilbert, guitarista do New Found Glory, desde o começo de 2008.
Como posso entrar em contato com Hayley Williams?
A melhor maneira de entrar em contato com ela é deixar um comentário no LiveJournal da banda
http://paramoreband.livejournal.com. Ela costuma responder algumas perguntas dos fãs em postagens posteriores. Ela também é conhecida por comentar e conversar com os fãs na comunidade do Paramore no LiveJournal. Depois dos comentarios dos fãs ela comenta também e os fãs estão acostumados com isso. Outra alternativa, é ir no twitter e acompanhar o que ela costuma fazer.

Qual a orientação sexual de Hayley Williams?
Ela tem um namorado (Chad Gilbert do New Found Glory), então até onde todo mundo sabe, ela é completamente heterossexual.
Eu também acredito que ela seja heterossexual, mas por que alguém deveria se importar com a sexualidade dela a não ser ela mesmo, não é?
Onde mora Hayley Williams?
Ela tem uma casa em Franklin, Tennessee. A MTV recentemente fez uma visita por lá:
http://www.mtv.com/news/articles/1622722/20090930/paramore.jhtml
Onde nasceu e cresceu Hayley Williams?
Ela nasceu em Meridian, Mississippi. Depois se mudou Franklin, Tennessee quando ela tinha treze anos de idade.
Qual a altura de Hayley Williams?
Ela tem 1,58m
Quais são as músicas favoritas de Hayley Williams?
Vegas - New Found Glory
Hit or Miss - New Found Glory
Do Paramore, é  Stop This Song (Lovesick Melody)
Hayley Williams é Cristã?
Sim, ela é. Todos na banda são Cristãos.

O que será postado a seguir foi retirado do LiveJournal da Hayley, então ela mesmo que escreveu, para reafirmar que sim, ela acredita em Deus, além de amar e respeitá-lo.
"Tem algo que não consigo tirar da cabeça já faz um tempo, algo relacionado a música ‘Misery Business’. Eu não sei o que realmente dizer a respeito, nem como dizer.... mas sinceramente, depois de conversar com os meninos sobre isso, nós sentimos que seria muito importante se nós tentássemos. (parecendo ‘legal’ ou não). Pode ficar meio pessoal, mas não é nada.
‘Misery Business’, como já explicamos anteriormente em nossas entrevistas – e até mesmo em postagens antigas do LiveJournal – é uma história verídica. A música foi escrita em uma época da minha vida que eu me sentia muito chateada com uma garota, que eu ainda não perdoei, por várias coisas que ela fez alguns anos atrás. Até essa pessoa entrar na minha vida e na vida dos meus amigos, eu não fazia idéia do poder que uma pessoa pode exercer sobre outra. Eu vi ela usando o sexo como uma forma de manipular um dos meus amigos, até o ponto onde nenhum de nós – do nosso pequeno circulo de amigos – reconhecia mais ele. Ele mudou de alguém tão inocente e alegre para alguém fechado e insensível. Não é preciso dizer, isso doeu. Não somente pelo fato dele ser um amigo próximo, mas porque eu me sentia apaixonada por ele. (Eu sei, você não sabe o que é paixão sendo novinha assim, né? Tanto faz). De qualquer forma... A dor que eu sentia, eu decidi guardar somente pra mim. Eu pensava que se as pessoas soubessem como eu fiquei magoada, brava e chateada, eles iriam me achar malvada – ou ainda pior, uma fracote – por causa disso. (Agora, pra evitar que essa parte da história fique ainda maior e mais pessoal, vou terminar dizendo que... ele eventualmente decidiu que nosso relacionamento não tinha nada a ver com amor e depois de descobrir isso nossa amizade ficou diferente. Nós discutimos um pouco sobre isso, porque percebemos que não era muito esperto começar a namorar tão cedo assim, especialmente depois de tudo o que aconteceu.
Eu consigo lembrar exatamente onde eu estava e como eram as coisas que estavam perto de mim quando eu comecei compor a letra da música. Eu me forcei a reviver e lembrar algumas das memórias que eu tinha do tempo que ele estava namorando aquela garota. Eu não acho que alguem consegue entender como era estranhamente triste uma situação daquela na vida de alguém tão nova. Mas eu sei. Eu queria explicar o meu lado da história e poder me sentir livre disso tudo... bem, eu estava tão irritada e tão feliz ao mesmo tempo. A cada palavra que eu escrevia era como se estivessem sendo tirados milhares de pesos dos meus ombros. Opressão, não mais. O que eu não tinha percebido era que, conforme eu ia escrevendo a música eu ia me livrando de um fardo, mas eu também estava criando outro pra mim mesma.
‘Meu Deus isso é tão bom… roubar isso tudo de você. E se você pudesse, você saberia. Porque Meu Deus isso é tão… é tão bom’
Eu me sinto envergonhada por dizer aquilo, embora eu acredite em Jesus Cristo e entitulo ele como meu Deus, quando eu escrevi aquelas palavras eu não estava me referindo a ele. Eu estava dizendo seu nome por acaso, em vão, as cegas. Se você sabe tanto assim sobre o Cristianismo (na qual eu não estou me lisonjeando por ser Cristã), você provavelmente sabe que um dos mandamentos é ‘Não tomará o nome do seu senhor Deus em vão‘... o que me leva a dizer, ‘... porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão..’ Como alguém que crê em Deus, a ultima parte me mata de medo. Eu não quero ser a responsável por fazer tantas pessoas usarem seu nome em vão. Você não precisa acreditar no que eu acredito e ninguém do Paramore vai algum dia forçar alguém a crer em nossa fé... crendo ou não em Deus, eu devo ter feito alguns de vocês acreditar que eu peguei leve com Ele, mas não foi assim.
Deus me vez passar por tudo aquilo que eu escrevi em ‘Misery Business’. Eu acredito que sou uma pessoa mais forte por causa das coisas que aconteceram na minha vida. Através daquela situação, eu aprendi tanto. Quando eu canto essa música agora, eu não me sinto a mesma pessoa que eu era quando eu a escrevi. Quando eu canto aquelas palavras que eu costumava cantar em vão, agora eu canto com um diferente significado. Eu não quero ser a responsável pelas pessoas usarem o nome do meu Deus em vão, então, se você acredita ou não em Cristo, se você se importa ou não, se significa alguma coisa quando você fala o nome de Deus, apenas fique sabendo que pra mim, quando eu canto aquelas palavras, eu estou dizendo a Deus que me sinto bem por poder superar tudo isso e me sentir vitoriosa depois de longos meses de confusão e dor. Eu não vou me magoar da mesma forma novamente.
Me desculpem por essa postagem de tirar o fôlego. Eu sei que nós não costumamos falar de nossa fé, normalmente porque isso é pessoal. Mas eu senti que realmente deveria dizer algo a respeito, antes que fosse tarde demais. Obrigado por ler.
Os meninos não são responsáveis por qualquer tipo de confusão que essa postagem pode vir a causar." - Hayley
Como se chamam os pais de Hayley Williams?
Sua mãe se chama Christie e seu pai se chama Joey. Eles se separaram quando Hayley ainda era pequena, e ambos se casaram novamente.


Qual a cor natural de cabelo de Hayley Williams?Castanho/Loiro escuro.
A própria Hayley comentou que nem ela mesmo sabe mais qual é a cor verdadeira do seu cabelo.
Alguns dizem ser loiro, outros castanho.
Ninguém sabe na verdade.

Mas de acordo com as pessoas mais próximas, Hayley Williams é loira, e também afirmam que ela tem várias sardinhas no rosto desde criança.
Alguma vez Hayley Williams já posou nua?
Não, negativo. Não existe nenhuma foto de nudez ou pornografia relacionada a Hayley Williams.
Para qual música da banda “October Fall” Hayley Williams emprestou sua vóz?
A resposta que você procura é "Keep Dreaming Upside Down".
Hayley Williams tem algum piercing?Ela fez um piercing no nariz no verão de 2008, mas parou de usar alguns meses depois.
Em maio de 2009 ela fez um na orelha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário